• Suporte Mamãe Bebê

7 erros que você deve evitar ao fazer o enxoval do bebê

Atualizado: Set 23

É só o teste dar positivo para a gente começar a se derreter nas vitrines de lojas para crianças. Carrinhos, macacões, sapatos, brinquedos, berços e até trocadores parecem estar por toda parte. E cada item, sem exceção, é uma graça. Você sabe que não dá para ter tudo, que nem sempre o que é bonito, é útil, mas como resistir àquele minitênis ou àquela cadeira milagrosa que promete acabar com qualquer choro? Um exagero aqui ou ali faz parte, mas um bom planejamento permite que o enxoval do seu filho seja lindo, prático e econômico.


Listamos alguns deslizes clássicos para que você aprenda com eles e não caia nos mesmos erros.


Enchendo a sapateira


Não, seu bebê não vai precisar de sapato. Pelo menos não nos primeiros meses. Para falar a verdade, no começo, o calçado só serve mesmo para tirar foto ou completar o look. O recém-nascido fica muito no berço e os tênis com solas de borracha dificilmente são necessários ou ficam bem presos aos pés. Basta lembrar quantos bebês você já viu no carrinho passeando só com um dos sapatos. Deixe para se preocupar com isso somente quando seu filho começar a andar.


Estoque de produtos


Produtos de Higiene e Fraldas, pois é impossível prever se o bebê terá alergia a determinada marca. Compre o básico, mas não precisa fazer estoque. Aos poucos você vai percebendo as reais necessidades do seu filho. Se você vai fazer chá de fraldas, o risco da alergia também existe. Mas, caso o bebê não se adapte a um modelo que tenha ganhado, Sempre é possível doar as fraldas para alguma instituição.


A síndrome da princesa (ou do príncipe)


Saias de tule, vestidos, camisas, coletes e todas as outras peças de roupa que deixam seu filho um charme entram no mesmo grupo dos sapatos. São lindas, mas nada úteis nos primeiros meses de vida. Nessa fase, até roupas com zíperes e colchetes vão dar certa aflição por parecerem estar incomodando o bebê, além do trabalho na hora de trocar a fralda. Pode acreditar, em três dias sua roupa preferida vai ser aquele body que era para usar por baixo do pijama. Por isso, não encha o armário com essas peças e reserve aquelas que você não resistiu para ocasiões especiais. Deixe para comprar roupas assim quando seu filho já estiver mais seguro dos movimentos.


Vai estar calor


Conferir a estação do ano em que o bebê deve nascer ajuda bastante na hora de montar o guarda-roupa, mas na verdade, em um país onde as estações não são tão bem definidas, é sempre bom estar preparado. Pode acontecer de você fazer tudo de acordo com o manual: Checar a estação que sua filha(o) iria nascer e investir nos vestidos e bodies bem fresquinhos e três dias depois do nascimento vir aquela frente fria fora de hora e a família toda ter que correr atrás de casacos.


Carrinho multiuso


Com a perspectiva de ficar alguns meses sem trabalhar, dedicar-se ao bebê,o melhor é adquirir um modelo que tenha tudo que um carrinho precisa ter: cinto de segurança e bons freios. Mais uma vez, não se deixe levar pelos impulsos e não ache que o nascimento do bebê vai ser a melhor hora para grandes mudanças no seu estilo de vida – já basta a maior delas, que é se tornar mãe ou pai.


Quarto tem que ter...


...estante, brinquedo, quadro e muito mais. Será? Na hora de montar aquele quarto aconchegante para o bebê é importante deixar as paredes sem muitos objetos pendurados. Estantes e quadros acumulam poeira e, dependendo da altura que forem pendurados, em pouco tempo a criança já começa a alcançá-los, o que pode causar acidentes. A escolha das cores também é um ponto a se pensar. Tudo bem você querer fugir do tradicional rosa e azul-claro, mas lembre-se de que cores fortes, como o vermelho e o laranja, podem trazer agitação à criança. Deixe esses tons para os detalhes da decoração.


Ajuda na amamentação? Vou levar!


A mesma regra da “calma” é válida quando o assunto é amamentação. Uns dizem para passar bucha na auréola dos seios, outros para esfregar a toalha, outros para usar concha. Tudo isso ainda antes de o bebê nascer! Vá devagar e siga somente as recomendações do seu obstetra. O mesmo vale para os cremes que prometem ajudar nessa hora. Amamentar é algo muito importante, que requer cuidados, sim, mas pode acabar sendo bem mais simples do que você imagina e, nesse caso, dosar as compras pode evitar um grande desperdício.




© 2020, site desenvolvido para o Curso Mamãe & Bebê

logo_cabocla.png
logohospital.png